.

A Casa da Eira é um Espaço de Encontro e Partilha do Ser que se redescobre em Consciência e em Amor à Vida. O Sonho é o sopro que pela Arte se desdobra, passando pelas suas múltiplas manifestações. Da Raiz ao Infinito é a Inspiração, numa viagem rumo à Unidade.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Metamorfose Lunar - Círculos da Lua Nova



Metamorfose Lunar

Círculos da Lua Nova -  a que não mostra a face, Senhora do fim e o início de tudo.

Janeiro 20 (terça) - Lua das Raízes 

(Todos os meses trabalhamos temas específicos)

19:30 /21:30


A Lua Nova marca o início do ciclo da lunação, um periodo sombrio que motiva a descida do lado obscuro da alma, da libertação dos impulsos inconscientes, da observação plena do que precisamos deixar morrer, eliminar e transmutar, da necessidade de nos desapegarmos do passado e entregarmo-nos inteiramente a novas experiências.  Tempo para mergulhar nas zonas densas e pronfundas da nossa psique, desenvolver a visão interna que nos permite observar as sementes prontas a germinar debaixo da terra, o potencial. Este tempo carrega em si a energia do fim e do recomeço, do movimento embrionário. O período mais fértil para se dar início a tudo o que for novo na nossa vida, co-criar, libertar o impulso para romper a inércia e gerar a ação. O momento em que se planta o desejo, traduzido por visões claras do que pretendemos para o novo ciclo.
Mulheres re-Unidas em círculo, resgatando e nutrindo a sua sabedoria ancestral, a força selvagem que nos re-Liga à sacralidade do  corpo e ao seu movimento cíclico, orgânico, visceral. Ouvindo e partilhando, expandindo a consciência atravéz do reconhecimento da sua Verdade interna, dando voz à sua essência, ao espírito feminino que ao libertar-se proporcioa insigths, conexões com os arquétipos interiores e o desenvolvimento da intuição, dos olhos que vêem para além do visível, o que está dentro e o que está fora, abrindo caminhos para a Vida Plena.
Os encontros acontecem mensalmente atravessando várias vivências: meditação, ritual, caminhadas, consciência corporal, expressão criativa, conversas com o Fogo, silêncio.

Inscrição Obrigatória até 3 dias antes do evento.
No acto de inscrição será fornecida a lista de material necessário.



"Quando um número crítico de pessoas transforma sua maneira de pensar e agir,
a cultura também se transforma e uma nova era se inicia." (Jean Shinoda Bolen)

Casa da Eira
Da raíz ao infinito

Caldas da Rainha

Info:
mize.l.jacinto@gmail.com
96 4372350


domingo, 28 de dezembro de 2014

Jornada Lunar – Os 13 Arquétipos do Sagrado Feminino



Jornada Lunar – Os 13 Arquétipos do Sagrado Feminino
Com Cátia Martins

Uma mulher é um mundo. Dentro dela, vivem várias personagens, rostos que compõem o seu Ser, o seu Estar, o seu Fazer. Pedaços que convivem no mesmo espaço, influenciando-se, guerreando-se e pacificando-se.
Todos os dias da nossa vida, vivemos os efeitos da existência desses personagens dentro de nós, manifestando-se na sua Luz e na sua Sombra, tendo assim um peso por vezes positivo, por vezes negativo.

- Quem sou eu, afinal?
- Que tenho eu de cada uma dessas personagens?
- Como as sinto, como as manifesto, como se expressam em mim as suas sombras e as suas luzes?

Este é um convite para uma jornada feminina potente, desafiante, e ao mesmo tempo, empoderadora. Um ano de viagem, em 13 lunações, para descobrir dentro de nós cada um desses rostos, mergulhar neles e trazê-los à luz da consciência, abrir a porta para novas possibilidades, novos cenários e novas conquistas. Descobrir-nos, conhecer-nos, curar-nos…
É um caminho que requer coragem, para olhar para dentro de nós e reconhecermos a luz e a sombra (integrando-a e aprendendo a usá-la de forma positiva), e persistência, para não desistir quando o caminho se tornar mais íngreme.

Atreves-te a ser uma Peregrina nesta Jornada Lunar?

Este é um evento aberto SOMENTE A MULHERES.

---------

Sábados das 10h00 às 17h00 (com intervalo para almoço).
Na Casa da Eira, a Jornada Lunar decorre envolta nas vibrações da Lua Minguante, com os seus encontros organizados nessa fase lunar. Este grupo vibra aproximando-se do nível mais interno, trazendo ao de cima o que está mais profundo, na raiz e mais oculto.
Material: Algum será fornecido, e outro será indicado a cada mês.

Datas:
1 – 7 de Fevereiro 2015
2 – 14 Março 2015
3 – 11 de Abril 2015
4 – 9 de Maio 2015
5 – 6 de Junho 2015
6 – 11 de Julho 2015
7 – 8 de Agosto 2015
8 – 5 e Setembro 2015
9 – 3 de Outubro 2015
10 – 7 de Novembro 2015
11 – 5 de Dezembro 2015
12 – 2 de Janeiro 2016
13 – 30 Janeiro 2016
14 – 27 Fevereiro 2016

----------

Mais sobre a Jornada Lunar…
Ao longo de um ano, e usando técnicas como a Ligação Lunar, a Meditação e o Teatro Sagrado (entre outras), dedicamos um mês lunar a cada um dos 13 Arquétipos do Sagrado Feminino:

~ Para cada mês lunar*, haverá um encontro com a presença de todas as Peregrinas, no qual se fecha o Arquétipo trabalhado, e se abre a porta a um novo Arquétipo. ~
~ Esta Jornada inclui trabalhos de casa. ~
~ Em caso de desistência (e tendo perdido o trabalho com algum dos Arquétipos), a Peregrina não poderá regressar ao grupo. ~
~ Não poderão ingressar novas Peregrinas num grupo que já tenha iniciado a Jornada. ~

* O Calendário Lunar rege-se pelas fases da lua, sendo que um mês lunar tem a duração de 28 dias, que é o tempo de um ciclo da lua, e também o tempo de um ciclo menstrual.

______
A facilitadora
Cátia Martins, ligada desde sempre à espiritualidae, é licenciada em Psicologia, tem formação em Hipnose, Terapia Regressiva, Reiki, Leitura da Aura, Cristaloterapia, Terapia Multidimensional, Constelações Familiares, Magnified Healing e Sagrado Feminino. Tem experência na ciração de mandalas, técnicas de meditação e relaxamento, bem como escrita criativa.  Nutre um amor profundo pela escrita e a fotografia.




Massagem Ayurvédica Abhyanga


Massagem Ayurvédica Abhyanga – 50/60 minutos

Abhyanga é uma massagem terapêutica, de origem milenar, que faz parte da tradicional medicina Ayurveda. Esta massagem é realizada com um tipo de óleo morno, que é aplicada em todo o corpo em grande quantidade, este óleo e os movimentos da massagem fazem com que as toxinas acumuladas no nosso corpo sejam libertadas dos tecidos através desta técnica. Para além dos benefícios relativos à hidratação da pele, ajuda a tratar desequilíbrios emocionais, tais como a depressão e ansiedade. Tendo como finalidade proporcionar saúde e equilíbrio orgânico por meio da oleação da pele mantendo a sua elasticidade, favorecendo a circulação, o estímulo do sistema nervoso e o fortalecimento dos ossos.

NOTA: A Abhyanga é a mãe de todas das massagens Ayurvédicas, para mim a mais completa.

Massagem Ayurvédica Shiroabhyanga


Massagem Ayurvédica Shiroabhyanga – 30/40 minutos 

Em sânscrito “shiro” significa cabeça. É uma massagem terapêutica realizada na região da coluna vertebral, ombros, pescoço, rosto e cabeça com óleos essenciais aquecidos. Além dos movimentos deslizantes, também são pressionados pontos específicos que ajudam a promover o relaxamento. Actua no sistema nervoso central, combate insónias, ansiedade, dores de cabeça, pescoço, combate o stress, rigidez muscular e melhora a memória e percepção.


NOTA: Ao praticar esta massagem senti que massajar a zona abdominal e braços tornaria esta terapia mais completa.

Massagem Tribal


A Massagem Tribal é uma técnica diferente de modelagem feita com a ajuda de pilões de madeira, para uma acção precisa e de descontracção profunda que promove um relaxamento intenso acompanhada de uma massagem manual. Massagem muito hidratante para a pele.  

Podendo optar pelo método que mais agradar:
·         Ritual Tribal que inclui Esfoliação - Inicia-se com uma esfoliação no corpo e finaliza-se com massagem manual e com o auxílio dos Pilões – 01h30 

·         Massagem Tribal feita com Pilões 50/60 minutos

·         Esfoliação + Relaxamento – 50/60 minutos


NOTA: O Método Tribal não é um método terapêutico e medicinal como a Ayurvédica, apesar de proporcionar o relaxamento, trata-se mais de uma massagem de hidratação profunda com aromas quentes.